Cura do Câncer

O Câncer é uma doença terrível que está relacionada com o crescimento desordenado de células de algum tecido do corpo.  Sua causa nem sempre é identificada.  A maior causa de morte do mundo é o Câncer.

A medicina popular, através do uso de ervas ou outros princípios, têm propagado inúmeras receitas para cura e alívio deste mal, muitas tendo obtido resultado favorável, embora sem análise rigorosa e pesquisas científicas.

O que vamos propor aqui é um método antigo, que foi implantado e testado pelo nosso conteporâneo frade Franciscano Sr. Romano Zago, que descreve detalhes no seu livro: "Câncer tem Cura", Editora Vozes.  Frei Romano sugeriu o uso da receita que vamos descrever abaixo a inúmeros doentes de câncer, em vários estágios, diferentes idades, e em várias partes do mundo.  Os resultados que obteve foram surpreendentes, obtendo à cura total de doentes já desiludidos pelos médicos.  No livro mencionado Frei Romano nos dá detalhes do método de cura, que vamos resumir aqui, e nos cita numerosos casos de sucesso com este tratamento, deixando os médicos sem explicação alguma, em casos já de morte próxima.  Frei Romano fazia controle de todos os pacientes que ele sugeria este tratamento, e só constatava a cura depois de feitos exames médicos, que comprovavam o regresso da doença (indicando a continuidade do tratamento) ou o desaparecimento total do mal.
 

Características do tratamento

O tratamento que aqui vamos sugerir é o uso de um xarope à base de Babosa, mel e bebida destilada (cachaça).  É fácil de ser preparado (exige um pouco de atenção) e com custo muito baixo.  Cada mês de tratamento gasta em torno de 1 Kg de mel puro, algumas colheres de cachaça e folhas de Babosa.

A Babosa é uma planta de origem africana (Egito).  Pelo seu enorme poder, há muitos séculos atrás já era famosa em toda a Europa e Ásia, principalmente na Rússia.  São inúmeras as utilidades desta planta, tem forte ação depurativa do sangue, expulsando muitas toxinas, é laxante e contém potentes princípios antibióticos de vasto alcance.  O mel também é dotado de grandes poderes curativos, sendo um dos alimentos preferidos dos Egípcios.  A bebida destilada serve para ativar estes ingredientes e promover uma melhor conservação (o preparo, com um pouco mais de bebida destilada, conserva-se bem fora da geladeira).

É um remédio natural, sem contra indicações, podendo até ser considerado como um "alimento especial" (Babosa + mel + cachaça).  Desta maneira, pode ser ingerido em conjunto com outros medicamentos alopáticos receitados pelos médicos, sem nenhum problema.
 

Método de preparo

Convém seguir à risca o método de preparo, que tem alguns pontos especiais, para obter o máximo das qualidades curativas do remédio.

Obtenção dos ingredientes

Babosa:  Existem alguns cuidados especiais ao colher a babosa, que são:

  • O pé deve ser bem velho, mínimo de 5 anos.
  • Colhe-se as folhas mais velhas, mas não as amareladas.
  • Deve-se colher pela noite, de preferência no final da madrugada, antes do sol nascer (sempre no escuro).
  • Deve-se colher pelo menos 6 dias após a chuva, não colha logo após a chuva, pois o excesso de água no solo altera os princípios da seiva.
  • A quantidade para uma porção deve ser tal que, colocando as folhas estiradas em fila, forma-se um metro de comprimento (umas 4 folhas médias ou 3 grandes).
  • Ao limpar as folhas, não use muita água, limpe com um pano úmido, pois o excesso de água é sempre prejudicial.
  • Raspe com uma faca as pontas dos espinhos laterais das folhas, mas sem danificar muito a folha.
  • Colha de pés plantados em terrenos adubados, em lugares limpos, arejados e ensolarados.  Não colha em canteiros de rodovias, pois a planta absorve toxinas do ambiente (fumaça dos carros.
Estes cuidados elevam ao máximo as qualidades curativas do preparo, por isso é bom seguí-los rigidamente.
 

Mel  Deve ser puro, 100% natural.  Hoje é muito fácil comprar mel falso, com um rótulo de "mel puro, 100% natural".  Os produtores misturam xarope de glicose ao mel, ou colocam puro xarope de glicose no lugar de mel.

O lugar mais indicado para encontrar facilmente mel puro são as casas de produtos naturais, casas macrobióticas ou farmácias homeopáticas.  Se tiver um parente ou familiar que produza mel também pode conseguir com ele.  A quantidade a ser utilizada para uma porção é de1/2 Kg.  Fique muito atendo a este detalhe, pois mel falso ou misturado com xarope de glicose tem pouco ou nenhum efeito (o mel verdadeiro é medicinal).

Bebida destilada  É obrigatório o uso de uma bebida destilada, pode ser cachaça ou rum. A quantidade é de 5 ou 6 colheres das de sopa.  Não use álcool.
 

Forma de preparo

Cuidado especial:  O ambiente de preparo deve estar com o mínimo de luminosidade possível, quase escuro, somente permitindo a visão.  Isto deve-se ao fato já conhecido que muitos princípios ativos se alteram com a luz.

Recipiente do xarope:  Providencie um recipiente que não deixe entrar luz.  Se for um vidro de maionese, forre com papel alumínio por fora.

Após ter limpo as folhas da babosa (com pano úmido, sem lavar) (4 folhas médias ou 3 grandes), pique em pedaços e joque dentro do liquidificador.  Junte a isto 1/2 Kg de mel puro e 5 ou 6 colheres das de sopa de bebida destilada (cachaça ou rum).  Não use álcool.  Não adicione água.  Bata todo o conjunto por 3 a 4 minutos, até formar um xarope de cor verde.  Coloque este preparado dentro de um recipiente que não deixe entrar luz e guarde na geladeira.
 

Modo de uso

Toma-se uma colher das de sopa, sempre 45 minutos antes das refeições (em casos graves pode-se aumentar a dose para até duas colheres das de sopa).  Toma-se três vezes ao dia.  O tratamento com esta porção dura em torno de 10 dias.  Após tomar uma porção do preparo, espera-se uma semana e repete-se novamente (com uma nova porção) , continua-se repetindo até obter a cura total.

Resumindo:  Toma-se uma porção que dura aproximadamente 10 dias.  Descansa-se uma semana (7 dias) e faz-se nova porção.  Toma-se esta nova porção até o final e descansa-se por pais uma semana, e assim sucessivamente.  Dependendo do estado da doença, a cura definitiva pode levar vários meses.

Segundo relatos, os primeiros efeitos notados são o alívio de dores e melhora do sistema imunológico do paciente (a planta, segundo pesquisas científicas, faz aumentar o número de glóbulos brancos no sangue).  Radiografias e outros exames mostram a diminuição dos tumores, ao longo do tempo, até sumirem totalmente.

Este remédio, por se tratar de um "preparo alimentício", 100% natural, pode ser tomado junto com remédios prescritos pelos médicos, sem nenhum problema.

No livro "Câncer tem cura", de Frei Romano Zago, Ed. Vozes, existem informações detalhadas sobre esta receita.  O autor também cita inúmeros casos comprovados de cura radical, de pessoas de todas as idades, incluindo crianças, de várias partes do mundo.  Os ingredientes são fáceis de se obter e muito baratos.

Para aqueles que querem prevenir-se do câncer ou desintoxicar seu organismo, é aconselhavel tomar uma dose por ano.

Não se esqueça de passar estas informações para outras pessoas que também        estejam necessitando.  Procure conhecer melhor as ervas medicinais, e ajudar outras         pessoas a utilizarem-nas de maneira correta.
 

Tópico relacionado:  Cura da Acne (espinhas) com a babosa



Mande um e-mail com dúvidas ou comentários:  ervasechas@ieg.com.br



  <<  Voltar ao Índice de Plantas      |    Página Inicial