Calêndula

Nomes cintíficos:Calêndula officinalis,Catha sativa, Verrucaia.
Outros nomes: Malmequer-amarelo-dos-jardins, margarida-dourada.

Esta planta é de origem européia, sendo encontrada em grande quantidade em Portugal, estando já aclimatada no Brasil, onde é muito comum. É um dos mais importantes remédios vegetais. Seu grande poder sobre a cicatrização de feridas, com a menor produção de pus possível, tem sido amplamente demonstrado na prática dos médicos homeopatas. "A calêndula, Diz o Dr. Clarke é o anti-séptico especial da homeopatia: torna os tecidos imunes contra a putrefação e é indicada em todos os casos de traumatismos e lacerações da pele." Além disso, é a calêndula um excelente hemostático nas hemorragias depois da extração de dentes. É excitante, expectorante, antiespasmódica, anti-abortiva, fortalece o útero; ótimo remédio da idade crítica, nas anemias nervosas; o suco das folhas se aplica sobre calos, verrugas, pólipos, e internamente como chá. Externamente é um poderoso anti-séptico, contra inflamação das vistas, feridas e chagas cancerosas, dor da garganta, icterícia; combate qualquer alergia. Atua como preventivo do câncer, pois tem a propriedade de não deixar as células se degenerarem.



  <<  Voltar ao Índice de Plantas      |    Página Inicial