Erva de Santa Maria

Nomes científicos: Chenopodium ambrosoides, Chenopodium anthelminticum
Outros nomes: Erva formigueira, Erva de bicha, Ambrosia, Mastruço, Mentruz, Mastruz.

 Existe cerca de 40 espécies desta erva, todas com as mesmas propriedades medicinais. Poderoso vermífugo; usa-se 1 colher (sopa) de semente, feito chá, em meio a banana amassada; por dose, ou feito chá das folhas, em jejum, por três dias consecutivos, de manhã ou à noite, o suco desta erva, misturado com açucar mascavo ou rapadura ralada também pode ser usado para o mesmo fim. É eficaz na angina do peito, palpitação do coração, má circulação, sono agitado, zumbido nos ouvidos; hemorróidas, varizes, dores de menstruação, facilitando-a; indigestão; duas colheres de suco cura manchas nos pulmões. Eficaz nos casos de contusões, pancadas, fraturas. Maceração: Em uma vasilha colocar uma xícara de (cafezinho) de vinagre, uma colher de chá de sal. Amassar a planta até obter uma pasta. Colocar a pasta sobre o local afetado e enfaixar. Suco: Uma xícara(cafezinho) de planta picada para um copo de leite. Tomar durante a recuperação. Este suco também pode ser usado como vermífugo. "Não utilizar em senhoras grávidas ou em amamentação. Não fazer chás fortes, intoxicam"



  <<  Voltar ao Índice de Plantas      |    Página Inicial