Espinheira Santa

Nome científico: Maytenus ilicifolia.
Outros nomes: espinheira divina, cancerosa, maiteno, salva vidas.

A espinheira santa é analgésica, desinfetante, tonificante, cicatrizante. É eficientíssima nas gastrites, dores do estômago, úlceras gástricas, acidez do estômago, evita a fermentação, gases intestinais, laxativa. Aplicada sobre feridas combate a purulência. Combate a lepra ulcerosa, a leishmaniose, a tuberculose cutânea e a sífilis. A espinheira Santa não deve ser fervida, nem colocada em recipiente de alumínio. As folhas devem ser picadas e colocadas num recipiente de louça e despejado água quente em cima, tampando em seguida. As folhas picadas também podem ser colocadas na cuia do chimarão, para os que tem o hábito de tomá-lo.



  <<  Voltar ao Índice de Plantas      |    Página Inicial